O Zglarafamítico

quarta-feira 10 de Abril de 2013
par  Ana Mendes
popularité : 3%

Capítulo 1

Num pais muito muio longe daqui, numa ilha que ninguém conhece, vive uma especie de animal desconhecido ainda hoje em dia. Chama-se o zglarfamítico. Um dia, uma pessoa chamada Paulo encalhava sobre essa ilha. Ele não sabia onde ele estava e fez um fogo. Mas o homem não sabia que os zglarafamíticos gastavam do fogo. Com ele, eles coziam os frutos para fazer um doce delicioso. Quando acabou de fazer uma cama de folhas secas, ele ia para o mar pescar. Nesse momento, quatro zglrafamíticos vieram para cozer frutos...

Capítulo 2

- Ah ! exclama Paulo de regresso. O que é isso ? Macacos ? Esquilos volantes ? Apoximava-se dos animais, mas os bicharocos tiveram medo e chamaram reforços. E eles morderam-no, arranharam-no até que ele desmaiou. Quando ele acordou, viu tipo uma pequena cidade de ninhos suspensos com pequenos macacos a voar. De repente, um dos animais viu-o e começou a falar:
- “Zblara tsfalo glarblu rlouti y rblerk ?”. O homem não sabia o que responder e olhava para todos os lados procurando um dicionnário. Ele não sabia o que fazer mas o animal sabia e chamou um outro animal. Esse zglarafamíticoparecia muito muito muito … velho e diz-lhe :
- “Florblu rlafrlu blerto gla ?”
- Eu não compreendo.
- Mas eu “compreender.”

Capítulo 3

- Vocês compreendem ?
- Sim. Há muito tempo, “morar” muitos vocês aqui.
- Vocês quer comer-me?
- Não !! Mas tu “querer” comer-nos ?
- Não, quero viver normalmente .
- Ah ! Muito bem ! Depois de uma comprida conversa e de uma visita guiada do lugar, o zglarfamítico convidou o Paulo para comer um doce delicoso de frutos que o homem não conhecia. Ao cabo de um mês, os zglarafamíticos oferecem-lhe um novo barco mas o Paulo recusou porque decidiu ficar com eles !

Vitória, vitória, acabou a história !!

Lucile