A Menina do Mar

sexta-feira 5 de Abril de 2013
par  Ana Mendes
popularité : 1%

A menina do mar

Era uma vez um rapazinho que morava numa casa junto à praia.

Certa manhã, o menino foi até à praia, e, uma coisa extraordinária aconteceu.

Ouviu alguns risos atrás de uma rocha. Era um polvo, um caranguejo, um peixe e uma menina muito pequena que estavam a brincar.

O rapaz, curioso, queria saber quem era essa menina, onde nasceu e como veio là parar e agarrou-a. Esta gritou e pediu auxilio aos seus amigos porque pensava que o menino a queria fritar. Ao perceber que ele não lhe queria fazer mal, ficam amigos e conversaram muito da terra e do mar.

No dia seguinte, o rapazinho trouxe-lhe uma rosa vermelha, uma caixa de fosforo e um copo de vinho para lhe explicar como eram as coisas da terra.

A menina pediu ao rapaz que lhe levasse ver a terra para que ela a visse dos seus próprios olhos. Este propôs levá-la dentro de um balde para que ela pudesse respirar.

Infelizamente, os búzios ouviram toda a conversa e contaram tudo à Raia, para quem a menina dançava. O menino quis fugir com a menina mas os polvos impediram-nos e levaram a menina para uma praia secreta.

O menino ia todos os dias àquela praia procurar a menina mas nunca mais a viu.

Até que um dia uma gaivota explicou-lhe que se bebesse uma poção màgica podia ir ter com a menina com a ajuda de um golfinho.

Viajaram 60 dias e 60 noites para finalmente encontrar a gruta onde a menina estava.

A Raia foi catiga pelo Reio do mar, ao ver que a menina não dançava bem porque tinha saudade do menino.

Sophia de Mello Breyner Andresen